32018jan

Rinite Alérgica – Confira o artigo da Dra. Silvia Bona

rinite-alergica01

O QUE É A RINITE ALÉRGICA?

É uma inflamação do nariz e das cavidades próximas, chamadas seios paranasais, causada por alérgenos, que, no Brasil, são principalmente os fungos (como o mofo) e os ácaros. Nas pessoas que têm rinite, esses seres microscópicos são identificados pelo nosso sistema de defesa como ameaças sérias, e, por isso, o organismo reage, causando a inflamação.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA RINITE?

Essa inflamação manifesta-se com os sintomas bem conhecidos da rinite: coceira e vermelhidão no nariz, espirros, secreção nasal clara e bloqueio à passagem do ar pelo nariz. Outros sintomas menos comuns são pequenos sangramentos nasais e diminuição do olfato. Grandes sangramentos, secreção nasal espessa e amarelada ou bloqueio de apenas um dos lados do nariz não estão presentes na rinite alérgica, e por isso, devem ser investigados.

O QUE TENHO QUE FAZER PARA MELHORAR DA RINITE?

 A principal regra a ser seguida para quem tem rinite é afastar-se do que sabidamente causa os sintomas. Então, evitar almofadas, cortinas, tapetes, papéis velhos, bichos de pelúcia, folhas secas e tudo o que junta poeira ou mofo é muito importante. Existem exames solicitados principalmente pelo otorrinolaringologista ou alergologista que permitem identificar o que causa a rinite em cada paciente e assim, estabelecem com mais precisão o que precisa ser evitado.

 Além disso, a rinite é uma doença de contato, ou seja, o alérgeno precisa estar em contato com o interior do nariz para causar os sintomas. Por isso é tão importante a higiene freqüente do nariz com soro fisiológico. Ao lavar o nariz, os alérgenos são removidos e deixam de causar problema. Lembrar que o soro fisiológico não contém qualquer remédio, é apenas sal e água, portanto, é um método natural de controle da rinite, mas precisa ser utilizado com freqüência (no mínimo, 3 vezes por dia) e numa quantidade adequada (aproximadamente 20ml em cada narina nas crianças e 40ml em cada narina nos adultos, por lavagem).

Além das higienes ambiental e nasal, existem muitas medicações eficazes, seguras e práticas para a rinite alérgica. Converse com seu otorrinolaringologista para saber que medicações estão mais indicadas para o seu caso.

Dra. Silvia Bona – CRM 7944




Deixar uma resposta